Colunas
Rede de parceiros em suas especialidades com informações exclusivas.
Dia da infâmia - Por André Trigueiro
Não foi acidente. A Samarco tinha pleno conhecimento da vulnerabilidade da Barragem do Fundão, que foi licenciada sem os devidos critérios técnicos. Vários problemas estruturais foram registrados desde a construção da barragem, com sucessivos remendos e "puxadinhos". leia +



Solução ou problema? - Por Ricardo Amorim
Entre os que se opõem à PEC dos gastos e à Reforma da Previdência, a principal proposta alternativa seria uma auditoria cidadã da dívida. Quais os méritos e deméritos desta proposta? leia +



Prosperidade compartilhada - Por José Eli da Veiga
Quais políticas podem ser adotadas por governos premidos a reduzir desigualdades sociais? É raro que esse tipo de urgência se produza, muito embora tão nobre objetivo brilhe nos ideários de quase dez entre dez grupos de pressão. Na prática eles são sempre muito mais propensos a alavancar mesquinhos interesses corporativistas. Ainda assim, a pergunta exige atenção porque finalmente esse tema entrou na pauta da governança global. A Declaração do Milênio, de 2001, só incluía entre seus oito objetivos a "igualdade entre os sexos" (ODM­3). Agora a Agenda 2030 ambiciona reduzir desigualdades decorrentes de: "idade, gênero, deficiência, raça, etnia, origem, religião, condição econômica ou outra" (ODS­10). leia +



Sete passos - Por Ricardo Voltolini
Uma das perguntas que mais costumo responder ao final das minhas palestras é se a sustentabilidade não seria um tema relativo apenas a grandes empresas. Por trás do questionamento, feito quase sempre por alguém que trabalha em micro ou pequena empresa, está a suposição, fundada em premissa frágil, de que uma MPE ?não tem recursos para investir em sustentabilidade? ou de que ?não provoca grandes impactos?. A fragilidade consiste, por um lado, em associar o conceito ? na verdade, uma noção muito fragmentada dele ? exclusivamente a despesas e, por outro, em querer eximir a pequena empresa da responsabilidade por seus impactos, usando como justificativa retórica o fato óbvio de que as grandes impactam mais. leia +



Fim de jogo - Por Fernando Gabeira
O impeachment representa oficialmente o fim de uma experiência de 13 anos da esquerda no governo. Em 1964, após o golpe do militar, ela denunciou a ditadura, mas mergulhou num processo de autocrítica, destacando o populismo como um dos seus grandes erros. Infelizmente, para uma parte importante dela, o caminho escolhido foi a luta armada com todas as suas consequências. Esse processo foi alvo de intensa autocrítica que nos levaria, se a análise fosse completa, a uma marcha pelas instituições. leia +



O Portal EcoD é um projeto do Instituto EcoDesenvolvimento - O conteúdo está sob uma licença Creative Commons CC
Desenvolvido pela 220i | versão tradicional | versão mobile