Cidade que corre
Por Isaac Edington

Desde a Antiguidade, os eventos esportivos proporcionam o deslocamento de pessoas de uma localidade à outra. Sendo que alguns autores relacionam a origem do turismo de eventos a viagens organizadas para a participação em Jogos Olímpicos na Grécia Antiga. Com isso, é possível dizer que não é de hoje que as corridas de rua vêm atraindo adeptos e mais adeptos até chegar ao ponto onde hoje se encontra, sendo conhecida como a modalidade esportiva mais popular da atualidade e, em pleno século XXI, cada vez mais e mais pessoas se deslocam de suas cidades, estados e países para participar dessas corridas de rua.

Por sua vez, a área de eventos atua em todos os setores da economia, como fenômeno multiplicador de negócios na indústria, no comércio e na prestação de serviços, e sempre como importante elemento de desenvolvimento e promoção de destinos. Estudos do Ministério do Turismo apontam que o desenvolvimento do turismo de esportes traz oportunidades como o estímulo a outros segmentos e produtos turísticos, a diminuição dos efeitos da sazonalidade e a comercialização de produtos e serviços agregados, entre outros.

Desde 2013, Salvador vem correndo uma verdadeira maratona para colocar a cidade no rumo certo

O setor de eventos é o segmento que mais cresce no mercado mundial de turismo, movimentando por ano aproximadamente US$ 35 bilhões. Os turistas que viajam para participar desses eventos gastam três vezes mais do que o turista tradicional, estimando-se a relação de US$ 240 para US$ 90. Realizada no último domingo com quase o dobro de participantes da sua primeira edição, a Maratona Cidade de Salvador foi concebida pela Prefeitura alinhada à estratégia da cidade de dinamizar a sua plataforma de eventos e, ao mesmo tempo, introduzir Salvador no roteiro internacional de maratonas.

Ao longo dos últimos anos, a cidade já produziu mais de 60 competições de rua por ano. Uma dessas realizações é a Maratona Salvador, que neste domingo levou cinco mil atletas para correr por nossa cidade. Este ano alcançamos o recorde histórico de 762 participantes na prova de 42 km. Atletas oriundos de 212 diferentes cidades brasileiras de todos os estados da federação, que representaram 40,87% dos competidores, consolidando a cada ano essa prova entre as principais do Brasil.

Dentre das modalidades, o maior número de participantes ocorreu na Meia Maratona (21km), ao todo 34,6%, correram os 5km 28,7% dos inscritos; 10km, 20,3%; e 42km, 16,4%. Desde 2013, Salvador vem correndo uma verdadeira maratona para colocar a cidade no rumo certo, e já galga posições importantes em diversos setores, entre eles turismo, sustentabilidade, eventos e na gestão, onde temos orgulho de ter o melhor prefeito do Brasil, e agora também nos esportes de rua. Salvador é uma cidade que corre, que avança e que segue o passo.

Isaac Edington é presidente da Salvador Turismo e Coordenador Geral da Maratona Salvador


Isaac Edington

Diretor Presidente do Instituto EcoD, Criador e Publisher do Portal Ecodesenvolvimento.org
E-mail: isaac.edington@ecodesenvolvimento.org.br

+Artigos
O Portal EcoD é um projeto do Instituto EcoDesenvolvimento - O conteúdo está sob uma licença Creative Commons CC
Desenvolvido pela 220i | versão tradicional | versão mobile