Austrália se prepara para construir a maior usina solar de energia concentrada do mundo
Postado em Energia em 18/08/2017 às 09h46 por Redação EcoD

solar-ecod.jpg
Batizado como Aurora Solar Energy Project, ele será construído pela SolarReserve e terá capacidade de gerar 150 megawatts (MW)
Foto: © SolarReserve

Quando alguma notícia sobre um novo projeto de usina de energia solar começa a correr, geralmente se trata de algo grandioso, ainda mais quando o modelo em torre (também conhecido como "energia solar concentrada") é o escolhido. Nele, heliostatos refletem a luz do sol para encanamentos na torre central, aquecendo uma mistura de sal fundido que, em contato com a água, produz vapor em seu interior. Este vapor aciona, então, as turbinas e os geradores de eletricidade. Para estocar calor e operar 24 horas, mesmo em dias de pouca radiação solar, as usinas usam sofisticadas tecnologias de armazenamento térmico, que mantêm milhares de litros de sal fundido a temperaturas elevadas.

Na Austrália, um novo projeto do tipo segue à risca essa ideia de grandeza. A usina deve ser a maior do mundo no modelo de exploração da "energia solar concentrada" com torre única (há outras usinas do tipo que possuem mais de uma torre) quando estiver concluída, em 2020.

Batizado como Aurora Solar Energy Project, ele será construído pela SolarReserve e terá capacidade de gerar 150 megawatts (MW).

A usina gerará cerca de 495 gigawatts-hora de eletricidade por ano, o que será suficiente para abastecer até 90 mil famílias

A usina gerará cerca de 495 gigawatts-hora de eletricidade por ano, o que será suficiente para abastecer até 90 mil famílias. O montante suprirá cerca de 5% das necessidades totais de eletricidade da região em que o empreendimento está sendo construído, no sul do país.

Produção noturna
A tecnologia do sal fundido pode armazenar 1.100 MW de energia, o que equivale a cerca de oito horas de armazenamento de saída máxima. Isso dá à usina a capacidade de produzir continuamente eletricidade, mesmo durante a noite.

Israel também está construindo um enorme complexo solar com torre como parte de seu projeto de energia Ashalim. Esse projeto combinará energia solar térmica, energia solar fotovoltaica e armazenamento de energia para uma capacidade combinada de 310 MW.

A maior instalação de energia solar térmica no mundo é atualmente Ivanpah, na Califórnia, nos Estados Unidos - ela possui três torres e tem capacidade de geração de 392 MW.

(Via eCycle, com informações do Treehugger)

 

O Portal EcoD é um projeto do Instituto EcoDesenvolvimento - O conteúdo está sob uma licença Creative Commons CC
Desenvolvido pela 220i | versão tradicional | versão mobile