Grã-Bretanha vai proibir venda de carros movidos a gasolina e diesel
Postado em Carros e Transportes em 27/07/2017 às 13h44 por Redação EcoD

combustiveis-ecod.jpg
O anúncio vem na sequência de compromissos semelhantes feitos pela França e por países escandinavos
Foto: Peter Macdiarmid/Getty Images

Como parte do seu plano de combate à poluição, a Grã-Bretanha vai proibir a venda de carros movidos a gasolina e diesel a partir de 2040. A medida tem o objetivo de reduzir os níveis de óxidos de nitrogênio (NOx) nas cidades, pois causam problemas respiratórios, o que custa mais US$ 3,5 bilhões de por ano em perda de produtividade. De brinde, o clima agradece. O anúncio vem na sequência de compromissos semelhantes feitos pela França e por países escandinavos, informou o jornal The Guardian na terça-feira, 25 de julho.

Os ministros britânicos foram incentivados a criar um tributo para os veículos que trafegarem por "zonas de ar limpo" (CAZ). No entanto, o governo quer que os impostos sejam considerados somente como último recurso, temendo uma reação negativa da sociedade no sentido de punir os motoristas.

"A má qualidade do ar é o maior risco ambiental para a saúde pública no Reino Unido e este governo está determinado a tomar medidas fortes no menor tempo possível", disse um porta-voz do governo. "É por isso que estamos fornecendo aos conselhos novos fundos para acelerar o desenvolvimento de planos locais, como parte de um ambicioso programa de US$ 3 bilhões para limpar o ar sujo proveniente dos automóveis que percorrem nossas estradas".

A última versão do plano, que deve ser publicada ainda antes de agosto, vem depois de um relatório preliminar, o qual grupos ambientalistas descrevem como "muito mais fraco do que o esperado".

Agora, o secretário do Meio Ambiente, Michael Gove, espera uma melhor recepção quanto ao novo documento.

O Portal EcoD é um projeto do Instituto EcoDesenvolvimento - O conteúdo está sob uma licença Creative Commons CC
Desenvolvido pela 220i | versão tradicional | versão mobile