Parque solar Ituverava entra em operação na Bahia
Postado em Energia em 25/09/2017 às 09h10 por Redação EcoD

solar-ecod.jpg

A Enel, por meio de sua subsidiária de energia renovável Enel Green Power Brasil Participações Ltda. (EGPB), iniciou a operação de mais 546 MW de projetos solares fotovoltaicos no Brasil, sendo 254 MW do parque solar Ituverava, e 292 MW do parque solar Nova Olinda, que são os maiores parques solares da América do Sul atualmente em operação. Ituverava fica no município de Tabocas do Brejo Velho, na Bahia, e Nova Olinda está localizada no município de Ribeira do Piauí, no Piauí.

"O início da operação de Nova Olinda e de Ituverava é um marco importante da nossa presença no Brasil, na medida em que confirma nossa liderança no mercado fotovoltaico do país, assim como nosso compromisso e habilidade de desenvolver de forma rápida e eficiente os projetos que ganhamos”, afirma Antonio Cammisecra, presidente da Enel Green Power.

A construção da planta solar de Ituverava exigiu investimentos de cerca de US$ 400 milhões. O parque é financiado por recursos próprios do grupo, assim como por um financiamento de longo prazo fornecido pelo Banco da China e Santander, apoiado pelo China Export & Credit Insurance Corporation Sinosure e garantido pela Enel. A planta é composta de cerca de 850 mil painéis distribuídos em uma área de 579 hectares e, uma vez em plena operação, será capaz de produzir mais de 550 GWh, o suficiente para atender às necessidades de consumo de mais de 268 mil lares brasileiros, evitando a emissão de mais de 318 mil toneladas de CO2 na atmosfera.

Piauí
A Enel investiu aproximadamente US$ 300 milhões de dólares na construção de Nova Olinda, por meio de recursos próprios do grupo, assim como por um empréstimo de longo prazo concedido pelo Banco do Nordeste. O parque solar, que é composto por quase 930 mil painéis solares em uma área de 690 hectares na região do semiárido, será capaz de produzir mais de 600 GWh por ano quando estiver em plena operação, o suficiente para atender às necessidades de consumo de cerca de 300 mil lares brasileiros.

O Portal EcoD é um projeto do Instituto EcoDesenvolvimento - O conteúdo está sob uma licença Creative Commons CC
Desenvolvido pela 220i | versão tradicional | versão mobile