Pequena fábrica de camisas conquista selo de sustentabilidade
Postado em Micro e Pequenos EcoNegócios em 30/08/2017 às 17h26 por Murilo Gitel

camisaspolo-ecod.jpg
Pequena indústria conta com 98 painéis solares fotovoltaicos, que geram energia limpa
Fotos: Camisas Polo/Divulgação

A Camisas Polo Salvador, indústria de pequeno porte situada no bairro Uruguai, na capital baiana, conquistou recentemente o Selo Verde Ouro, uma certificação socioambiental concedida pela Ecolmeia, organização sem fins lucrativos com sede em São Paulo, que desde 2008 reconhece empresas e organizações cujos processos produtivos e o modelo de gestão estão alinhados com a valorização do ser humano e a sustentabilidade ambiental.

A solenidade de reconhecimento e entrega do Selo Verde será realizada na quinta-feira, 31 de agosto, às 16h, na sede da empresa. “É a primeira vez que concedemos essa certificação para uma fábrica de camisas de pequeno porte”, ressalta o consultor ambiental da Ecolmeia, Reginaldo Almeida, auditor do Selo Verde.

“Portanto, a Camisas Polo Salvador é pioneira nesse segmento. A indústria alcançou a categoria Ouro, com méritos, visto que foram evidenciadas ações tecnológicas e ambientais, que promovem o desenvolvimento sustentável nas áreas social, ambiental e econômica”, acrescenta o auditor.

Os processos produtivos da unidade fabril estão ancorados nos pilares da sustentabilidade, com mais de 40 ações verdes de boas práticas ambientais

Hoje, a empresa possui capacidade instalada para produção de até 2.000 camisas polo por dia e consome cerca de 4 mil quilowatts/hora. Esse consumo é atendido por 98 painéis solares fotovoltaicos, que ainda geram energia excedente. O investimento no sistema foi iniciado em 2014.

Iniciativas
“Estamos muito felizes com mais esse reconhecimento externo, comprovando que o nosso trabalho na área de sustentabilidade é cada vez mais consistente”, afirma o sócio diretor da empresa, Hari Hartmann.

Os processos produtivos da unidade fabril estão ancorados nos pilares da sustentabilidade, com mais de 40 ações verdes de “boas práticas ambientais”, a exemplo do uso da energia solar, lâmpadas de LED, sensores de presença, motores eletrônicos, sistema de reaproveitamento da água da chuva nos banheiros, bicicletário para os funcionários, cadeiras ergonômicas, embalagens biodegradáveis e doação de retalhos.

hari2-ecod.jpgA fábrica baiana já havia conquistado recentemente o 50º Selo Solar, um reconhecimento do Instituto Ideal, com apoio do WWF-Brasil e da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável. Trata-se da primeira indústria de pequeno porte do Brasil a ter 100% de suas necessidades atendidas pela energia solar fotovoltaica.

Soluções
Adotar soluções sustentáveis no negócio reduz o impacto ambiental, otimiza custos e aumenta a competitividade. “Medidas essenciais em um momento de turbulência econômica”, lembra Hartmann. No primeiro semestre deste ano, a Camisas Polo Salvador registrou crescimento em relação a 2016. “Foi o melhor dos últimos anos, em relação ao faturamento”, comemora o empresário, sem mencionar valores.

A fábrica localizada no Condomínio Bahia Têxtil produz as linhas Clássica – para fardamento empresarial; Ecoline – camisas ecológicas em malha pique, a partir da matéria prima com 50% de poliéster de garrafa PET e 50% algodão; Ecofibra – tecido composto em fibras de PET recicladas e de um mix feito a partir do desfibramento de tecidos (retalhos), com diferentes composições, e a linha 100, fabricada em tecido com 100% de algodão nobre ou 100% de algodão orgânico.

Atualmente, a Rede Selo Verde Ecolmeia mantém 99 organizações certificadas. Todo o processo produtivo das candidatas à certificação é auditado e são avaliados os modelos de gestão, que devem estar alinhados com o conceito de ecoeficiência - produzir mais, com o menor impacto possível ao meio ambiente, minimizando o consumo de matérias-primas e otimizando o uso de energia.

O Portal EcoD é um projeto do Instituto EcoDesenvolvimento - O conteúdo está sob uma licença Creative Commons CC
Desenvolvido pela 220i | versão tradicional | versão mobile