PnuD abre edital para subsidiar carvão vegetal sustentável no Brasil
Postado em Economia e Política em 25/07/2017 às 10h00 por Redação EcoD

 pnudcarvaovegetal-ecod.jpg
Projeto Siderurgia Sustentável
Foto: Tiago Zenero/PnuD

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PnuD) lançou no dia 18 de julho um edital para selecionar entidades públicas e privadas que estejam interessadas em criar e melhorar tecnologias sustentáveis de produção de carvão vegetal na indústria siderúrgica. A chamada fica aberta até 24 de agosto e é voltada para os setores de ferro-gusa, aço, ferroligas e também de carvão vegetal.

A convocatória escolherá instituições que prestam serviços a esses setores ou que trabalham com inovação e sustentabilidade. Os organismos selecionados receberão subvenções para apoiar o desenvolvimento de processos produtivos sustentáveis. Também terão acesso facilitado a financiamento e receberão pagamentos de acordo com os resultados alcançados.

O edital faz parte do Projeto Siderurgia Sustentável, fruto de uma parceria da agência da ONU com o Ministério do Meio Ambiente. Com a inciativa, o PnuD espera alcançar uma redução de no mínimo 270 kg de gás carbônico por tonelada de carvão vegetal produzida, contribuindo para diminuir as emissões de gases do efeito estufa. Outro objetivo é catalisar uma capacidade produtiva de 80 mil toneladas de carvão vegetal ao ano com o uso de tecnologias responsáveis.

A cooperação entre o PnuD e a pasta federal conta com o apoio também dos ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, além de receber recursos do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF).

O Brasil é a única nação no mundo que ainda mantém uma significativa produção de ferro-gusa, aço e ferroligas com uso de carvão vegetal. Entre 2005 e 2016, por exemplo, cerca de 25% do ferro-gusa foi produzido com carvão vegetal. O Projeto Siderurgia Sustentável foi elaborado para incentivar a produção sustentável do carvão vegetal e fomentar o uso desse insumo na siderurgia brasileira.

Chamada:

Quais os benefícios da participação?

As propostas selecionadas receberão:

Que tipo de proposta pode ser enviada?

Poderão ser apresentadas propostas que estejam relacionadas às seguintes categorias:

Saiba como participar lendo o edital da chamada. Acesse o documento JOF – 0191/2017 em www.un.org.br/licitacoes/Home/Licitacoes

O Portal EcoD é um projeto do Instituto EcoDesenvolvimento - O conteúdo está sob uma licença Creative Commons CC
Desenvolvido pela 220i | versão tradicional | versão mobile