Cientistas criam vidro que converte energia solar em eletricidade
Postado em Ciência e Tecnologia em 20/04/2018 às 11h47 por Redação EcoD

vidro-ecod.jpg
Um prédio revestido com este vidro, por exemplo, também economizaria energia com ar condicionado
Foto: Lawrence Berkeley/Divulgação

Uma equipe de cientistas que trabalha no Lawrence Berekley National Laboratry, na Universidade de Berkeley – Califórnia, criou um painel de vidro fotovoltaico, capaz de absorver a luz solar, transformando-a em energia elétrica, que poderá substituir os tradicionais painéis solares. Esta tecnologia inovadora pode ser usada em prédios e até mesmo em carros, que serão capazes de gerar sua própria eletricidade. 

O vidro é revestido por um líquido semicondutor que contém diversos compostos químicos, como césio e iodeto de chumbo, que quando expostos à luz do sol, convertem o calor em energia elétrica. Além do mais, este vidro é menos transparente que os tradicionais, permitindo que menos calor passe nos ambientes onde ele é colocado. Desta maneira, um prédio revestido com este vidro, por exemplo, também economizaria energia com ar condicionado.

No momento, a equipe está trabalhando para que ele se torne mais eficiente, já que por enquanto consegue converter 7% da energia que chega até ele e, para que ele seja economicamente viável, precisaria ser no mínimo 10%. A questão estética também precisa ser revista, já que quando aquecido este vidro fica vermelho, laranja ou marrom, o que não é muito agradável, muito menos, bonito.

Os cientistas estão testando outras possibilidades, como, por exemplo, utilizar um corante no vidro, sem que isso interfira em sua eficiência.

(Via Razões Para Acreditar, com informações do Olhar Digital)

O Portal EcoD é um projeto do Instituto EcoDesenvolvimento - O conteúdo está sob uma licença Creative Commons CC
Desenvolvido pela 220i | versão tradicional | versão mobile