Lego lança linha de produtos sustentáveis feitos de cana-de-açúcar
Postado em EcoDesign em 26/03/2018 às 12h45 por Redação EcoD

lego-ecod.jpg

A Lego é uma das empresas mais queridas de todos os tempos, já falamos algumas histórias aqui e aqui. Seus brinquedos são inteligentes e já fizeram parte da infância de muita gente – e de muitos adultos até hoje. Agora a companhia lançou mais uma inovação totalmente conectada com o nosso tempo: uma série feita a partir de um material proveniente da cana-de-açúcar para reduzir seus resíduos de plástico, contribuindo com o meio ambiente.

Este material será utilizado nas novas árvores e plantas da marca e, embora agora pareça pouco, quando comparado com a imensa gama de produtos que eles têm, trata-se de um número já expressivo. A Lego se comprometeu que até 2030 pretende utilizar este material para produzir 100% de seus produtos.

“No Grupo Lego, queremos causar um impacto positivo no mundo que nos rodeia, e estamos trabalhando duro para criar produtos ótimos para crianças usando materiais sustentáveis”, disse Tim Brooks, vice-presidente de Responsabilidade Ambiental da Lego.

Outras medidas tomadas pela Lego para reduzir suas emissões de CO2 incluem um investimento em energia eólica

Esta nova linha já estará à venda ainda este ano. Crianças e pais nem notarão a diferença de material, já que o polietileno à base de plantas possui as mesmas características do convencional.

Não é de hoje que a empresa está em busca de soluções mais sustentáveis. Em 2013 a Lego fez uma parceria com a World Wildlife Fund (WWF) para apoiar a demanda por plástico de origem sustentável e, em 2016, uniu-se-se à Aliança de Materiais Plásticos (BFA) para assegurar o fornecimento totalmente sustentável de matéria-prima para a indústria de bioplásticos.

“É essencial que as empresas de cada setor encontrem maneiras de fornecer seus materiais de produtos com responsabilidade e ajudem a garantir um futuro em que as pessoas, a natureza e a economia prosperem”, destacou a WWF. 

Resíduos de plástico sob os holofotes
Outra medida adotada pela Lego para reduzir suas emissões de CO2 inclui investimentos em energia eólica, a fim de garantir que a energia usada para fabricar seus blocos seja de origem renovável.

Também introduziu bandejas sustentáveis de polpa de papel para o próximo calendário, com o objetivo de reduzir o desperdício de plástico, que acaba nos aterros sanitários.

(Via Razões Para Acreditar, com informações do Dezeen)

 

O Portal EcoD é um projeto do Instituto EcoDesenvolvimento - O conteúdo está sob uma licença Creative Commons CC
Desenvolvido pela 220i | versão tradicional | versão mobile